R. Sheila Melo Sobral, 90 - Alvarenga, São Bernardo do Campo - SP, 09854-540
Ligue Agora! (11) 9 4207-8448
Conheça 7 doenças causadas por pragas urbanas

Elencamos as 7 (piores) doenças causadas por pragas urbanas e seus riscos à saúde

As doenças causadas por pragas urbanas são muitas, e podem estar mais perto de você do que imagina. Elas são transmitidas por mosquitos – como Aedes Aegypti -, baratas, ratos e até mesmo formigas.

A OMS classificou essas doenças como zoonoses, ou seja, infecções naturalmente transmissíveis entre animais vertebrados e seres humanos.

Dengue, leptospirose, febre amarela e tantas outras patologias infelizmente são comumente identificadas no ambiente urbano. Mas para entender melhor o risco de cada uma delas, elaboramos esse conteúdo com as 7 principais doenças causadas por pragas urbanas.

Vamos lá?

A gravidade das doenças causadas por pragas urbanas

doenças

Muita gente não faz ideia de que certos animais carregam em si, agentes infecciosos que podem causar doenças sérias em quem entra em contato direto com o próprio vetor ou suas secreções em superfícies contaminadas.

Entre os problemas que as pragas urbanas podem transmitir estão a salmonelose, cólera, parasitoses, coccidioses, viroses, micoses, entre outros males.

Quando se trata de animais peçonhentos, a história fica ainda mais séria. Escorpiões e aranhas atacam diretamente a vítima de modo a machucar e em muitos casos, envenená-la com sua substância que podem até levar à morte.

Também existem os ectoparasitos como carrapatos, pulgas, percevejos e piolhos que se alimentam de sangue animal ou humano. Além da transmissão de doenças, esses vetores geram incômodos tanto pela picada quanto pelo receio constante diante a possibilidade do retorno parasitário.

Por conta disso é que cada Estado deve seguir à risca as exigências da Vigilância Sanitária no controle integrado de pragas em áreas e locais onde se produz alimentos e produtos destinados à saúde.

7 (graves) doenças causadas por pragas urbanas

Para te ajudar a cuidar da sua saúde e prevenir visitas indesejadas, listamos as principais doenças causadas pelas pragas urbanas. Confira!

1- Dengue

O aumento do mosquito aedes aegypti, que também é responsável pela febre amarela, é uma realidade muito forte em nosso país. Justamente por ser considerada caso de saúde pública.

A transmissão ocorre através da picada do mosquito que se alimenta em uma pessoa doente, e quando acontece o contato com uma pessoa sadia, ela adoece automaticamente.

mosquito da dengue

O mosquito da dengue deposita seus ovos em água parada ou qualquer recipiente que tenha pequenas quantidades de matéria orgânica para que seja possível a eclosão das larvas.

Vale destacar que as vasilhas de água e alimento dos animais domésticos também viram alvo do mosquito para sua multiplicação.

Sintomas

É bastante comum uma pessoa com dengue sentir febre alta, dores pelo corpo e um mal-estar constante.

Como prevenir?

É importante remover focos de água, utilizar repelentes e não contribuir para o aumento do volume do lixo. Porém, a maneira mais eficaz é contar com o auxílio do controle de pragas para ficar livre de uma vez por todas do mosquito da dengue em sua residência ou empresa.

2- Salmonelose

Essa é uma doença provocada por bactérias do gênero Salmonella, transmitida por meio da ingestão de água e alimento contaminado. Sua origem vem dos intestinos de aves domésticas, silvestres e mamíferos.

A contaminação de salmonela pode acontecer do próprio alimento ou através da disseminação mecânica de baratas, formigas, moscas e roedores que se escondem no ambiente doméstico ou comercial.

Sintomas

Após consumir algum alimento contaminado é comumente a pessoa sentir vômito, dor abdominal, febre, diarreia e dores de cabeça.

Como prevenir?

Antes de ingerir qualquer alimento é essencial contar com a eficiência do controle de pragas e também higienizar corretamente os alimentos.

3- Febre amarela

Transmitida pelo mosquito aedes aegypti, a febre amarela é uma doença infecciosa febril que tem como principais hospedeiros os macacos, sendo o ser humano como o hospedeiro acidental.

Sintomas

Entre as manifestações mais fortes estão a febre alta, dor de cabeça, mal-estar, cansaço e calafrios. Os sintomas acontecem aproximadamente por três dias, entre idas e vindas bem graves capazes de causar até fezes hemorrágicas.

Como prevenir?

O meio mais seguro de prevenção é tomar a vacina própria para febre amarela e associar o uso de repelentes contra mosquitos.

4- Leptospirose

Em algum momento você já deve ter ouvido falar da leptospirose. Doença com um nome difícil de se pronunciar, faz jus ao seu processo complexo de recuperação.

A leptospirose transmitida através da urina de diversos mamíferos, tem como principal vetor os roedores. O que torna os efeitos da doença de leves a graves.

Sintomas

Os sintomas da leptospirose são fortes dores de cabeça, febre, indisposição e dores musculares. Em casos mais graves, a doença evolui para comprometimento renal e hepático, ou ainda, leva a óbito entre 10 a 15% das vítimas.

Como prevenir?

Combater a infestação de roedores, usar luvas em contato direto com ralos, terra, bueiros, limpeza de pisos e locais com acúmulo de lixo.

5- Peste bubônica

Causada pela bactéria Yersinia pestis, a peste bubônica é transmitida através da pulga do rato, Xenopsylla cheopis. Os roedores hospedeiros da peste acabam parasitando o homem, principalmente em locais com muita infestação.

A peste se manifesta de três formas: bubônica, septicêmica e pneumônica, sendo a bubônica mais comum entre os brasileiros.

Sintomas

Quem sofre com a peste, costuma sentir dor de cabeça, febre, náusea, vômito, anorexia ou até mesmo confusão mental.

Como prevenir?

Realizar desratização é fundamental para conter a peste bubônica.

6- Doença de Lyme

Provocada pela bactéria Borrelia burgdorferi, a doença de lyme é transmitida através da picada de carrapatos. O parasita leva em torno de 24 horas para transmitir o agente infeccioso.

carrapato

Sintomas

A pessoa infectada possui lesão cutânea, a qual se inicia por uma pequena pápula vermelha que vem acompanhada de dores de cabeça e musculares.

Como prevenir?

O meio mais seguro é ter o diagnóstico precoce. Mas além disso, é preciso inspecionar os calçados e o corpo quando for adentrar em áreas de mata.

7- Malária

Entre as doenças causadas por pragas urbanas, a malária é transmitida por mosquito do gênero Anopheles, responsável por ser uma das maiores causas de mortalidade infantil no mundo.

Sintomas

A doença age a partir de episódios de calafrios seguidos de febre alta, vômito, dor de cabeça, dores nas articulações e mal-estar.

Como prevenir?

É importante usar repelentes e contratar uma controladora de pragas para fazer o tratamento completo nos ambientes.

A prevenção é o melhor caminho para não ser contaminado pelas doenças causadas por pragas urbanas, e unir a questão de conforto e higiene. Conte com uma empresa especializada no controle integrado de pragas e viva sem medo!

0 0 vote
Article Rating
Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Open chat
Olá, em que posso ajudar?