R. Sheila Melo Sobral, 90 - Alvarenga, São Bernardo do Campo - SP, 09854-540
Ligue Agora! (11) 9 4207-8448
5 Maneiras de Evitar Pragas Urbanas na Indústria

Listamos as principais dicas de como eliminar pragas urbanas na indústria de uma vez por todas

Uma realidade indesejada que causa um impacto muito grande nos produtos que consumimos diariamente, são as pragas urbanas na indústria. É de lá que baratas, ratos, formigas e moscas tentam se aproveitar das condições para sobreviver.

Sem o devido controle, o ambiente industrial se torna muito mais favorável a ser abrigo de animais que trazem diversos riscos, especialmente de contaminação de produtos e transmissão de doenças.

Neste post, vamos te mostrar como pequenas medidas podem prevenir o aparecimento de pragas urbanas na indústria. Veja que é possível ficar livre delas!

Por que é tão importante fazer o controle de pragas urbanas na indústria?

Além de prevenir riscos à saúde humana e preservar a qualidade dos produtos, o pólo industrial é obrigado a seguir com as normas determinadas pela Vigilância Sanitária, que realiza fiscalizações periódicas.

Manter o cuidado com a prevenção de pragas é tão sério que se os agentes fiscalizadores detectarem irregularidades no local, a indústria poderá sofrer com multas e até mesmo o fechamento definitivo em casos mais graves.

Sendo assim, o melhor jeito de evitar esse tipo de transtorno é executar frequentemente medidas preventivas e corretivas. Entre os pontos de acessos a serem tratados, estão frestas e buracos para abrigo, fontes de alimento e água, por exemplo.

Aprenda a seguir como manter o controle e prevenção de pragas urbanas na indústria e espante qualquer tentativa de infestação.

5 maneiras de prevenir o surgimento de pragas urbanas na indústria

1. Vedação de possíveis acessos

As pragas estão sempre em busca de um abrigo. Seja através de frestas, buracos ou lixo, elas encontram uma maneira de se instalar e formar seu ninho. Por isso, é necessário identificar os pontos de acesso e vedá-los.

Você pode fazer isso utilizando:

  • Armadilhas luminosas para atrair insetos;
  • Telas nas portas e janelas, e na saída de exaustores para evitar moscas;
  • Borracha para vedar portas e frestas, e obstruir a passagem de ratos;
  • Tampar corretamente lixeiras e demais recipientes;
  • Ralos com dispositivo de fechamentos para que permaneçam bloqueados.

2. Realizar uma higienização adequada

A limpeza e higienização são fundamentais para todo ambiente, independente do fluxo de circulação e volume de armazenamento. Ao higienizar bem os espaços, evita-se o aparecimento desagradável das pragas urbanas na indústria.

Esse ato preventivo espanta os animais que estão em busca constante de fontes de alimento em resíduos deixados pelos colaboradores, ou de produtos no estoque (no caso de indústria de alimentos).

Entre os locais que devem ser higienizados com frequência, estão:

  • O piso de todos os espaços, pois reserva o acúmulo de farelos e sujeiras mínimas;
  • Mesas e bancadas onde houve manipulação de alimentos;
  • Cozinha e refeitórios;
  • Depósitos e despensas;
  • E especialmente ralos de banheiros, nos quais as pragas têm como acesso.

3. Uso seguro de produtos adequados

Quando falamos em limpeza, a necessidade dos produtos higienizantes vem junto. Mas engana-se quem pensa que é um processo simples.

Para assegurar a eficácia da higienização, é fundamental contratar uma empresa especializada no controle de pragas na indústria. Por que cada tipo de animal requer o conhecimento da substância mais adequada, de acordo com a gravidade da infestação.

Você deve estar pensando que um simples raticida ou uma isca resolverá as dores de cabeça com baratas e ratos. Porém, certas ações podem comprometer gravemente o estoque e colocar a saúde de todos em risco.

Por outro lado, solicitar auxílio de uma empresa não certificada pode só piorar a condição que a empresa se encontra. Então é essencial pesquisar bem as opções no mercado e optar por aquela que é referência.

4. É preciso ter periodicidade para valer todo o trabalho

Fique atento à frequência do controle de pragas urbanas na indústria, já que a maioria delas se proliferam em velocidade assustadora. Especialmente no verão e em dias mais quentes.

O ideal é manter um contato periódico com a empresa especializada em controle de pragas para assegurar a eficácia do serviço.

5. Exija a certificação do tratamento

Não seguir as obrigações regidas pela Vigilância Sanitária e deixar vencer o prazo de controle de pragas, pode causar ainda mais problemas para estabelecimentos comerciais e indústrias.

Além disso, quando uma empresa realiza a desinsetização ou outro tipo de controle no local, ela deve emitir um certificado de qualidade com a data de execução do serviço e com o prazo até um próximo tratamento.

O documento é elaborado pelo órgão fiscalizador do município, o qual legitima apenas empresas que possuem licença e responsabilidade ambiental.

0 0 vote
Article Rating
Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Open chat
Olá, em que posso ajudar?