tr?id=212100369842550&ev=PageView&noscript=1 Diferenças entre Limpeza e Desinfecção - Bye Insect - Controladora de Pragas

Blog

Diferenças entre Limpeza e Desinfecção

Diferenças entre Limpeza e Desinfecção

Cada ambiente exige um cuidado - Saiba o que muda na Limpeza e Desinfecção para a eliminação de agentes nocivos à saúde.

Nem sempre um ambiente exalando perfume é garantia de uma higiene adequada. As ameaças invisíveis podem se esconder no despreparo de uma limpeza e desinfecção incorreta.

É preciso muito mais que bons produtos de limpeza para que um determinado espaço seja considerado seguro contra vírus, fungos e bactérias.

Estar em um ambiente limpo é sinônimo de saúde e bem-estar. Para isso, é extremamente necessário realizar a limpeza, desinfecção e esterilização dos locais.

Mas você sabe a diferença entre estes processos? Continue lendo o conteúdo, vamos explicar a importância em executar cada etapa para manter as áreas livres de agentes infecciosos.

Boa leitura!

Por que cada ambiente exige um tipo de processo de Limpeza e Desinfecção?

Para a higienização eficiente de diversas áreas, é necessário conhecimento para selecionar o material de limpeza e técnicas apropriadas para cada ambiente.

Afinal, a sujeira encontrada em um banheiro é diferente daquela existente em cima de nossa mesa de trabalho, uma vez que acaba sendo uma superfície mais infectada.

E assim como há distinção de sujidades, existe também diferença entre a esterilização, limpeza e desinfecção.

Quer saber como funciona cada processo? Veja a seguir!

Diferenças entre Limpeza, Desinfecção e Esterilização

Os três processos promovem a eliminação de sujeira, vírus e bactérias, mas cada qual em um percentual diferente. Confira cada um deles:

Higiene e Limpeza

A primeira etapa da limpeza está na eliminação dos focos de doenças. Este processo é feito com um limpador geral, acessório de esfregação e água que removem toda a matéria orgânica impregnada nos objetos.

Assim, com uma limpeza adequada é possível aniquilar a sujidade aparente e promover uma higienização de 95% dos antígenos nos ambientes, em superfícies diversas.

Por meio da limpeza faz-se a preparação do ambiente ou superfície para receber o processo de desinfecção.

Normalmente, esse método pode ser executado em hospitais, comércios, indústrias, escritórios, residências ou qualquer outro ambiente.

A Desinfecção

É a etapa crucial para a eliminação de agentes nocivos à saúde. Uma vez que a desinfecção consegue acabar com um número maior de bactérias se comparado com a limpeza comum.

Nela, são utilizados produtos específicos para combater a ação do vírus e bactérias para alcançar 98% de higienização.

Principalmente de hospitais, restaurantes e locais com grande circulação de pessoas.

Na realização da desinfecção é utilizada uma série de produtos específicos que demandam cuidados especiais devido às suas distintas propriedades.

Vale destacar que os produtos devem ser registrados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), pois cada elemento químico é destinado para determinadas aplicações.

Por isso, é indispensável o auxílio de uma equipe treinada e devidamente equipada para garantir maior eficiência e segurança operacional.

Outro ponto fundamental a ser discutido é o uso de equipamentos adequados. Só assim será feita a quebra da gotícula química para uma melhor abrangência.

Sem os recursos certos, irá ser criada uma zona de sombra que carregará o vírus e bactérias vivos prontos para dar continuidade à proliferação desenfreada no ambiente.

É recomendado o uso de produtos de ação imediata e de baixa toxicidade para agir exatamente na cápsula de proteína do vírus.

Desinfectar as mãos também faz toda diferença, sabe por quê?

Tanto para pessoas comuns em sua rotina, quanto para empresas e profissionais das mais diversas áreas - seja da saúde, alimentícia ou industrial, por exemplo -, é de extrema necessidade fazer a desinfecção das mãos.

Um ato simples, mas que pode assegurar uma maior segurança à saúde e salvar vidas!

Para a desinfecção correta das mãos é indicada a utilização de sabonete antisséptico para a lavagem em água corrente e o uso de papel toalha de fibras virgens, como o papel higiênico também, para secá-las.

Após esse processo, é recomendado o reforço de álcool em gel ou em espuma para proteger ainda mais a pele.

Saiba mais como deve ser feita a desinfecção de ambientes!

Já a Esterilização...

Muito adotado em hospitais, a esterilização é indicada para garantir a eliminação de 100% dos vírus e bactérias.

Esse processo é empregue para a limpeza de materiais que entrarão em contato com a pele e o sangue de clientes/pacientes de hospitais e salões de beleza.

Por ser uma prática mais complexa, é avaliado o material a ser esterilizado diante a consideração de sua natureza e resistência ao calor, vapor ou ambos.

Com isso, entendemos que a limpeza a sujeira, a desinfecção pode acabar com até 95% dos germes e a esterilização elimina os microrganismos de determinados objetos.

O acompanhamento de um profissional especializado é imprescindível para realizar os processos de maneira correta e segura.

Ler 418 vezes Última modificação em Quarta, 22 Abril 2020 11:33
Avalie este item
(1 Votar)

About Author

Bye Insect
A Bye Insect Controladora de Pragas é reconhecida pela sua competência em busca de resultados positivos, comprometimento com serviços de excelência e profissionais altamente capacitados, promovendo assim a garantia na qualidade de seus serviços prestados.