Blog

Conheça as Medidas para o Controle de Pragas em Farmácias

Conheça as Medidas para o Controle de Pragas em Farmácias

A razão para realizar periodicamente o controle de pragas em farmácias caracteriza-se pela necessidade de prevenir o surgimento de animais indesejados no ambiente de modo geral.

Sendo assim, por tratar-se de um local em que os medicamentos são manipulados, armazenados e comercializados às pessoas que encontram-se em tratamento de algum tipo de doença, a exigência do controle de pragas faz parte de medidas preventivas e corretivas contra a infestação de baratas, moscas, formigas e traças no ambiente.
Esses animais indesejados têm por características biológicas o alto índice de resistência e adaptação sobre os mais diversos meios urbanos. Além disso, as pragas urbanas podem causar doenças através do contato direto ou indireto, comprometendo diretamente a saúde humana.
Conheça as principais medidas corretivas e preventivas do controle de pragas em farmácias.

Medidas Corretivas no Controle de Pragas em Farmácias

Compreende-se por medidas corretivas as barreiras físicas que impeçam o acesso das pragas urbanas ao ambiente, e consequentemente, sua reprodução. As principais medidas corretivas do controle de pragas em farmácias são:

1. Armadilhas Adesivas Luminosas

O objetivo do aparelho é atrair os insetos através da luz e aprisioná-lo por inteiro em uma placa de cola com adesivo, onde morrem rapidamente. A troca do refil do adesivo deve ser feita periodicamente, de acordo com o grau de infestação do local.

2. Produtos Químicos

Os inseticidas são direcionados para a aparição esporádica de pragas. Mas, é fundamental contratar uma empresa especializada no controle de pragas urbanas para aplicar as técnicas corretas com seus produtos químicos específicos.

3. Silicone para Vedação de Frestas

O produto é indicado para vedar o acesso de insetos ao ambiente. Sua aplicação deve ser feita internamente em janelas, portas e superfícies lisas como vidro comum/temperado, alumínio e azulejos.
O controle de pragas feito com barreiras físicas reduz as chances de contaminação de doenças com a saúde humana em farmácias por meio da complementação de limpeza e higiene do local. A prática reforça as medidas preventivas que serão descritas a seguir.

Medidas Preventivas no Controle de Pragas em Farmácias

Entende-se por medidas preventivas o trabalho de conscientização e implementação de Boas Práticas de Fabricação, que representa o conjunto de importantes normas nos segmentos fármacos, industrial, alimentício, entre outros.
Confira as medidas preventivas descritas abaixo e quais visam eliminar ou minimizar os riscos de ocorrência de insetos, roedores e pragas urbanas em farmácias.
As instalações NÃO devem ter:

  • ✔ Possíveis pontos de entrada de insetos no ambiente, como falhas de vedação em tubulações, ralos sem proteção, portas e janelas mal vedadas, etc.;
  • ✔ Azulejos mal assentados ou quebrados;
  • ✔ Acúmulo de água em drenos, ralos ou caixas de inspeção;
  • ✔ Vazamentos em dutos de água e torneiras;
  • ✔ Falhas na coleta ou descarte de lixo;
  • ✔Presença de entulho, materiais fora de uso, caixas e embalagens mal armazenadas;
  • ✔ Estrados com presença de infestação por cupim ou broca.

Nas áreas de estocagem, deve-se manter distância mínima de 30 cm entre as paredes e os pallets de produtos; entre o piso e os pallets (estrado ou plataforma produzido de madeira, plástico ou metal), tomar distância mínima de 20 cm.
Quaisquer sinais de roeduras, fezes, trilhas, pegadas e ninhos de roedores devem ser notificadas, bem como carcaças de insetos, penas, ovos, odores de pragas por exemplo.
Locais de acesso de pessoas/funcionários devem ter telas ou cortinas plásticas. Não devendo existir resíduos que sirvam de alimento a aves, roedores e insetos.
A temperatura e ventilação de silos devem obedecer às recomendações técnicas para cada produto, bem como a umidade dos materiais armazenados e a umidade relativa do ar. Para o aprisionamento, empregar recipientes próprios, sinalizados e mapeados para evitar acidentes, instalados em áreas de não produção (áreas de armazenagem e em farmácias).
Recomenda-se realizar o controle de pragas em farmácias no período determinado pela empresa especializada para garantir a eficiência e qualidade do controle de pragas em farmácias.

Ler 222 vezes Última modificação em Quinta, 28 Março 2019 10:05
Avalie este item
(0 votos)

Bye Insect
A Bye Insect Controladora de Pragas é reconhecida pela sua competência em busca de resultados positivos, comprometimento com serviços de excelência e profissionais altamente capacitados, promovendo assim a garantia na qualidade de seus serviços prestados.