Blog

O Controle de Pragas nas Empresas Farmacêuticas

O Controle de Pragas nas Empresas Farmacêuticas

Por tratar-se de um local responsável pela manipulação de medicamentos para a saúde humana e animal, as empresas farmacêuticas devem realizar o serviço de controle de pragas regularmente para garantir o bem-estar de seus consumidores e preservar a integridade de seus produtos.

O surgimento de pragas urbanas como baratas, moscas, formigas, roedores e mosquitos pode causar a contaminação de matérias primas, e em consequência, destruir os materiais causando perdas na produção.

Como tratamento e prevenção, o controle de pragas caracteriza-se pelo conjunto de técnicas que são aplicadas de acordo com o grau de infestação e o tipo de vetor que se concentra no ambiente.
Continue lendo o artigo e veja como funciona o controle de pragas nas empresas farmacêuticas.

Como funciona o Controle de Pragas nas Empresas Farmacêuticas

O controle de pragas nos ambientes das empresas farmacêuticas é realizado de modo restrito devido à grande parte dos locais possuir acesso proibido, pois algumas matérias primas utilizadas nos produtos não podem ser contaminadas pelas pragas urbanas e muito menos pelo produtos químicos usados no serviço de desinsetização. Nesses casos, a utilidade de produtos químicos deve ser feita de maneira segura e minuciosa.
Antes de iniciar o processo de controle de pragas, a instituição especializada no serviço deverá avaliar todo o local para aplicar a técnica mais adequada de acordo com o grau de infestação ou a possibilidade do surgimento dos vetores.
Com o diagnóstico pronto, serão definidos os pontos críticos e semi-críticos. Vale lembrar que, para a execução do controle de pragas é preciso que o local seja totalmente esvaziado, em virtude de responsabilidade ambiental.
Veja abaixo, os principais pontos críticos e semi-críticos nas empresas farmacêuticas:

  • ?Entrada e armazenamento dos produtos, sejam eles matérias primas, alimentos ou qualquer outro tipo de material usado na empresa farmacêutica;
  • ?Local da coleta e descarte do lixo;
  • ?Janelas, portas, ralos não sifonados, telhados, forros e frestas embaixo das bancadas;
  • ?Áreas de quarentena e de produção;
  • ?Laboratórios de controle de qualidade e esterilização;
  • ?Locais de alimentação.

Meios utilizados para o Controle de Pragas

Por tratar-se de um ambiente extremamente delicado, os meios para eliminar o aparecimento de pragas urbanas consistem em:

  • ✅Telas em janelas;
  • ✅Vedação de frestas em paredes, azulejos, forros, região de tomadas;
  • ✅ A utilização de cortinas especiais e de ar;
  • ✅ Placas de cola para captura de roedores;
  • ✅ Uso de gel para o controle de formigas e baratas.

Medidas preventivas

O aparecimento das indesejáveis pragas urbanas nas empresas farmacêuticas ocorre por falhas no sistema de prevenção. Para impedir que isso aconteça, é necessário tomar algumas medidas preventivas como:

  • ✅Manter uma higienização completa nos ambientes, periodicamente;
  • ✅Coletar e descartar lixos e resíduos adequadamente;
  • ✅Armazenar os produtos e matérias primas de forma correta;
  • ✅Transportar os materiais em condições favoráveis, por exemplo.

Atentar-se à prevenção de pragas é fundamental para minimizar os riscos de contaminação para a saúde humana.
As medidas preventivas e corretivas são avaliadas através do monitoramento frequente. É fundamental que o controle de pragas em empresas farmacêuticas deve ser feito por uma instituição especializada controladoria de pragas.

Ler 217 vezes Última modificação em Quinta, 28 Fevereiro 2019 16:41
Avalie este item
(0 votos)

Bye Insect
A Bye Insect Controladora de Pragas é reconhecida pela sua competência em busca de resultados positivos, comprometimento com serviços de excelência e profissionais altamente capacitados, promovendo assim a garantia na qualidade de seus serviços prestados.